Facebook Instagram Twitter Fale Conosco
Educação Saúde Cultura Lazer Assist�ncia

Entra no ar a plataforma de incentivo à produção artística Sesc Cultura ConVIDA!

 

 

Em continuidade ao seu trabalho de fomento cultural, o Sesc estreia no dia 11 de agosto a plataforma Sesc Cultura ConVIDA!, lançada para manter ativa a produção artística mesmo com as medidas de isolamento social impostas pela pandemia do novo coronavírus. De casa, artistas de todas as regiões do país se apresentarão virtualmente, numa programação variada de artes cênicas, educativas, visuais, audiovisuais, em formatos como podcasts, oficinas, apresentações musicais, entre outras. Ao todo 470 projetos foram contemplados para fazer parte da programação

 

O Sesc Cultura ConVIDA! traz apresentações ao vivo e gravadas, de segunda a sábado, em diferentes horários. O público poderá conferir podcasts com palestras, debates e entrevistas sobre a produção cultural no Brasil e arte educação com a participação de artistas, pesquisadores, educadores e lideranças jovens. Haverá também o lançamento de 25 obras audiovisuais em curta-metragem, abordando temas sobre o período da quarentena, e 30 vídeos musicais, que mostram diferentes estilos e o potencial da música contemporânea brasileira.

 

No “Gravando em casa”, serão oferecidas oficinas de produção audiovisual, com dicas e truques para aumentar a qualidade das produções caseiras com uso do celular, realizadas principalmente por conta do distanciamento social.

 

As mulheres terão destaque no “Líricas femininas”, com a apresentação de 48 artistas compositoras, ressaltando a importância da mulher no desenvolvimento da música brasileira. Já para a criançada, a plataforma reúne atividades musicais lúdicas para pais e filhos, contação de histórias e entre outras.

 

Na agenda, ainda estão concertos, encontros literários, performances e oficinas de artes visuais, de patrimônio cultural e de artes cênicas, com atividades de dança, teatro e circo. Toda a operacionalização do Sesc Cultura ConVIDA! respeita as medidas de isolamento em vigor, desde a execução das propostas pelos participantes até a veiculação virtual.

 

Destaque baiano

Na semana de 11 a 15 de agosto, a programação traz entre os selecionados da Bahia, a pesquisadora e multiartista Lumena Aleluia, a museóloga Alana Alves e Joedson da Silva do Ponto de Memória Tia Dina, o grupo Canela Fina e a atriz e arte educadora Taiana Lemos, do Coletivo das Liliths.

 

· 12 de agosto às 16h30 – live “Papo Jovem para Juventudes” com Lumena Aleluia

A pesquisadora e multiartista tem como foco os ritmos afro-baianos, com destaque para o pagodão conectado a outros ritmos: pagotrap, pagofunk, arrochadeira e samba-reggae e os

aproxima a temas contemporâneos como representatividade, gênero, sexualidade, raça e cultura impulsionando o poder criativo e ancestral do pagodão baiano.

 

· 13 de agosto às 14h – live “Patrimônio Cultural em Debate” com a Alana Alves e Joedson da Silva (Ponto de Memória Tia Dina)

Bate-papo sobre o histórico e as ações de preservação da memória com foco na documentação museológica no Ponto de Memória Tia Dina. Alana Alves é museóloga e atuou como técnica na Diretoria de Museus da Bahia (Dimus) do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) durante seis anos, desempenhando diferentes atividades no setor cultural, especialmente, no setor dos museus.

 

· 14 de agosto às 15h – Musicalização infantil com grupo Canela Fina

Através de um vídeo, o grupo Canela Fina propõe 2 atividades com músicas autorais, visando a interação, o desenvolvimento da coordenação motora, expressão vocal, da criatividade e da exploração sensorial. O grupo foi criado em 2010 e suas fundadoras são doutoras em Educação Musical, com mais de 17 anos de experiência em musicalização infantil. Os muitos anos de trabalho em sala culminaram na criação de uma metodologia própria para fortalecer o desenvolvimento de bebês e crianças.

 

· 14 de agosto às 16h30 – live “Diálogos sobre descolonização da arte” com Taiana Lemos

A atriz e arte educadora traz neste diálogo a descolonização da arte: processos artístico-pedagógicos em teatro, performatividades LGBTQIA+ e Rap. Taiana é mulher-cis negra, feminista, mestra em artes cênicas e professora de Teatro da Rede Municipal de Salvador. Desenvolve pesquisa voltada para o ensino de teatro e suas perspectivas político-estéticas.

 

A programação completa do projeto estará disponível no site www.sesc.com.br/convida e no canal www.youtube.com/sescbrasil.

 

Serviço Social do Comércio
Administração Regional no Estado da Bahia
Sede Administrativa - Av. Tancredo Neves,
1.109,Edif. Casa do Comércio, Caminho das
Árvores - Salvador/BA. CEP: 41820-021
CNPJ: 03.591.002/0001-90

Webmail

2011 ® Todos os Direitos Reservados - Conheça o Sesc Nacional - Sesc Nacional Uma entidade do Sistema - Fecomercio