Bahia
  • Webmail
  • Fale Conosco
  • Twitter
  • Facebook
  • Sesc Nacional
  • Fecomercio

Sesc Feira de Santana




VIOLÃO PARA INICIANTES
Aprenda a tocar de forma simples e prática com a instrutora Geisa dos Santos. | Feira de Santana (Sesc). Aulas na segunda e sexta-feira. Turma A, das 15h30 às 16h30; e Turma B, das 17h às 18h. Mensalidade: Comerciário/Dependente - R$17, Conveniado - R$31 e Usuário - R$35. Vagas remanescentes.

BIBLIOTECA
Acervo bibliográfico composto por livros didáticos e técnicos de várias áreas do conhecimento, bem como livros de ficção brasileira e estrangeira nas categorias conto, romance, poesia, novela etc., além de periódicos (revistas, jornais, histórias em quadrinhos etc.), disponíveis para público infanto-juvenil e adulto. Em ambiente climatizado e confortável, com disponibilidade de computadores para acesso a Internet e wi-fi, o serviço é oferecido gratuitamente com consulta aberta à comunidade. Já o empréstimo de livros é destinado apenas a beneficiários do Sesc com Carteira Social atualizada. Abaixo, relação de Unidades com telefone, dias e horário de atendimento.
Sesc Feira de Santana (75) 3622-1550. Seg, 12h às 20h20; ter a sex, 8h40 às 20h20; sáb e dom, 8h às 17h.


CINESCOLA
O Sesc promove exibições de filmes em escolas e instituições carentes, e ao final um bate-papo sobre a história contada. | Feira de Santana. Para agendar uma sessão entre em contato pelo telefone 3622-1077 ou socialfeira@sescbahia.com.br.

CINESESC
O Serviço Social do Comércio traz a magia do cinema para o público viver as mais intensas emoções e a desenvolver o senso crítico, estético e cultural diante dos acontecimentos no mundo, além de estimular a formação cultural e proporcionar momentos de lazer. Ao final, bate-papo para discutir as mensagens educativas intrínsecas na história que é contada. Entrada franca mediante apresentação Carteira Social Sesc atualizada. | Jequié. Sábado e domingo, com sessões às 9h30 e 15h. | Salvador (Nazaré). Segunda, terça e quinta-feira, com sessão às 13h30. | Vitória da Conquista. Segunda, terça e sábado, com sessões às 9h30 e 14h30. | Salvador (Piatã). Sábado, com sessão às 14h. | Feira de Santana. Domingo, às 14h30. | Paulo Afonso. Dia 4/11 - O Segredo das Águas (Romance, 14 anos); dia 11/11 - Sinfonia da Necrópole (Musical/Comédia, 10 anos); dia 18/11 - Nós somos as Melhores! (Drama, 12 anos); e dia 25/11 - Abril e o Mundo Extraordinário (Aventura, livre). | Barreiras. Dia 9/11 - Abril e o Mundo Extraordinário (livre), dia 16/11 - Nossa irmã mais nova (10 anos), dia 23/11 - Amar, Beber e Cantar (12 anos), e dia 30/11 - Sinfonia da Necrópole (10 anos). Sessões às 15h e 17h. | Salvador (Aquidabã). Dia 22/11, com sessões às 14h e 16h - Mostra de vídeos sobre o Dia Nacional da Consciência Negra.

O CENTRO TEM CULTURA
O Sesc e a Prefeitura promovem apresentações de artistas da terra com o objetivo de preservar as manifestações tradicionais do povo feirense, a exemplo de samba de roda, reggae, quixabeira e muito mais. | Feira de Santana (Mercado de Arte Popular). Dias 4, 11 e 18/11, sábado, das 12h às 14h.

PALCO GIRATÓRIO – 20ª EDIÇÃO
A Rede Sesc de Difusão e Intercâmbio das Artes Cênicas, na sua 4ª etapa 2017, traz A Outra Companhia de Teatro (BA) que apresenta espetáculos e realiza uma oficina e um painel:
“Ruína de Anjos” - Num misto de teatro de rua, intervenção urbana e performance, o espetáculo tem como mote a reabertura de um cinema de bairro e a esperança de renovação que ela traz para aquele lugar, que no passado viu um apogeu e hoje vivencia um abandono. Tal qual a vida dos personagens condutores da narrativa itinerante, que perderam a luz que um dia tiveram: uma travesti prostituta, um paraplégico vendedor de café, um pastor traficante, um burguês homofóbico, uma moradora de rua catadora de lixo e uma artista de rua. A dinâmica do trânsito e da noite do centro da metrópole, conduz o público a enxergar situações que atravessam discussões sobre violência, marginalidade, tráfico de drogas, invisibilidade social, comercialização da fé e gênero. Classificação: 16 anos. | Feira de Santana (Centro Comercial). Dia 16/11, às 19h. | Santo Antônio de Jesus (Centro Comercial). Dia 20/11, às 19h. | Jequié (Praça Ruy Barbosa). Dia 22/11, às 19h. | Vitória da Conquista (Praça 9 de Novembro). Dia 24/11, às 19h. | Barreiras (Praça Castro Alves). Dia 27/11, às 19h. | Salvador (Politeama). Dia 30/11, às 19h.
“O que de você ficou em mim” - Documento cênico que conta a história da companhia de teatro e de seu cotidiano, num misto de realidade e ficção ao mesclar fragmentos biográficos de seus integrantes. Classificação: 12 anos. | Feira de Santana (Centro Universitário de Cultura e Arte – UEFS). Dia 15/11, às 19h. Ingressos: R$10, R$8 (comerciário/dependente com Carteira Social Sesc atualizada) e R$5 (meia). | Santo Antônio de Jesus (Sesc). Dia 17/11, às 19h. Entrada franca. | Jequié (Sesc). Dia 21/11, às 20h. Ingressos: R$10, R$8 (comerciário/dependente com Carteira Social Sesc atualizada) e R$5 (meia). | Vitória da Conquista (Sesc). Dia 23/11, às 19h. Entrada franca. | Barreiras (Sesc). Dia 26/11, às 19h30. Ingressos: R$10, R$8 (comerciário/dependente com Carteira Social Sesc atualizada) e R$5 (meia).
“Teatro Documentário” - Com técnicas de improvisação e estratégias de interação com o público, a oficina trabalha a criação de cenas onde o universo real e o campo ficcional são tensionados em planos e tempos. Requisito: 18 anos +. | Santo Antônio de Jesus (Sesc). Dias 18 e 19/11, das 9h às 13h. Inscrição gratuita. Vagas limitadas.
“Pensamento Giratório - Descortinando o Invisível” - A proposta desse bate-papo é pensar a cidade em seus quadros sociais, políticos e culturais, entender o ofício do artista e o labor do teatro de grupo, além de enxergar os atravessamentos da arte e da contemporaneidade. Serão abordados temas como manutenção, renovação e interlocução de um grupo artístico com seu entorno e para além do mesmo, do ponto de vista econômico-financeiro e estético-cultural. | Santo Antônio de Jesus (Sesc). Dia 18/11, às 16h. Entrada franca.

A Outra Companhia de Teatro
Surgido em 2004, em Salvador (BA), o grupo desenvolve ações em diversas áreas do setor criativo, tendo encenado 13 espetáculos. Formado por artistas de diversas formações e origens, valoriza suas referências culturais em seus trabalhos artísticos, afirmando discursos que refletem o interior e a capital, o centro e a periferia, a Bahia e o Nordeste, sem estereótipos, seja ao adaptar uma obra ou criar um novo texto dramático, atentando às emergências temáticas da contemporaneidade.

Palco Giratório   
O Circuito de Artes Cênicas do Sesc celebra 20 anos e consagra-se como maior circuito de artes cênicas do país. Em 2017 o projeto visitará 144 cidades em 26 estados e no Distrito Federal, com espetáculos teatrais e intercâmbios artísticos. Nesta edição, o Palco Giratório contará com a participação de 20 companhias, que somarão 685 apresentações artísticas e 1.188 horas de oficinas teatrais. Além dos espetáculos principais, o Palco Giratório contará pela primeira vez com seminários para discutir sobre aspectos relevantes das artes cênicas e políticas públicas para o teatro, entre outros temas. Também serão realizadas oficinas, mostras e encontros locais de arte e cultura, idealizadas com o objetivo de promover e incentivar as manifestações artísticas regionais, fomentando a troca de experiências; e o painel “Pensamento Giratório”, um espaço aberto ao público para reflexão e discussão sobre o trabalho e pesquisa dos grupos itinerantes. A programação completa do Palco Giratório e outras informações podem ser obtidas no site www.sesc.com.br/palcogiratorio.
“O Palco Giratório é um projeto que vai além do circuito de espetáculos, pois leva ideias, provocações e questões lançadas pela curadoria para o Brasil, incluindo cidades pequenas. São 20 anos disseminando as artes cênicas, em diferentes manifestações e linguagens culturais, promovendo intercâmbio de modos de fazer, criar, pensar e sentir”, ressalta Raphael Vianna, coordenador nacional do projeto.
Nesta 20ª edição, o Palco Giratório presta homenagem a Trupe de Atuadores “Oi Nóis Aqui Traveiz”, do Rio Grande do Sul, que estreará no circuito o seu mais novo espetáculo - “Caliban – A Tempestade”. A montagem é um trabalho de rua que celebra os 39 anos do coletivo, um dos mais relevantes do país.

SONORA BRASIL - 20ª EDIÇÃO
O Circuito Nacional Sesc de Formação de Ouvintes Musicais, com o tema “Na Pisada dos Cocos”, traz a Bahia, na 4ª etapa 2017, o Grupo Coco do Zambê (RN) - A música se caracteriza como um canto responsorial, puxado pelo mestre e respondido pelo coro de vozes, e a dança acontece numa roda que mantém ao centro os tocadores. Os brincantes se revezam reverenciando o tambor e realizando passos livres de grande energia que lembram movimentos da capoeira e do frevo. Uma de suas principais características é o fato de ser praticado apenas por homens. Classificação: livre. | Barreiras (Sesc). Dia 21/11, às 19h. Ingressos: R$10, R$8 (comerciários/dependentes com Carteira Social Sesc atualizada) e R$5 (estudantes e idosos). | Vitória da Conquista (Teatro Municipal Carlos Jehovah). Dia 23/11, às 19h. Ingressos: R$10, R$8 (comerciários/dependentes com Carteira Social Sesc atualizada) e R$5 (estudantes e idosos). | Jequié (Sesc). Dia 24/11, às 20h.  Ingressos: R$10, R$8 (comerciários/dependentes com Carteira Social Sesc atualizada) e R$5 (estudantes e idosos). | Santo Antônio de Jesus (Sesc). Dia 25/11, às 19h30. Entrada franca. Feira de Santana (Sesc). Dia 26/11, às 16h. Ingressos: R$10, R$8 (comerciários/dependentes com Carteira Social Sesc atualizada) e R$5 (meia). | Paulo Afonso (Sesc Ler). Dia 29/11, às 19h. Ingressos: R$10, R$8 (comerciários/dependentes com Carteira Social Sesc atualizada) e R$5 (meia).

Coco de Zambê

É principalmente no município de Tibau do Sul, litoral do Rio Grande do Norte, que encontramos o Coco de Zambê, expressão cultural que, segundo pesquisadores, chegou aos engenhos de cana-de-açúcar e colônias pesqueiras da região através de africanos escravizados. Dois tambores estão presentes na maioria dos grupos que praticam o Coco de Zambê: o próprio Zambê, também conhecido como pau furado ou oco de pau, que é maior e mais grave, e o Chama, ambos construídos artesanalmente com troncos de árvores da região. Além desses tambores outros instrumentos de percussão podem ser encontrados, inclusive a lata, usada no grupo do Mestre Geraldo que, na verdade, é o reaproveitamento da lata de 18 litros, utilizada no comércio de tintas. A música se caracteriza como um canto responsorial, puxado pelo mestre e respondido pelo coro de vozes, e a dança acontece numa roda que mantém ao centro os tocadores. Os brincantes - Didi (Djalma Cosme da Silva), Uzinho (Severino de Barros), Tonho (Antônio Cosme de Barros), Mestre Mião (Damião Cosme de Barros), Zé Cosme (José Cosme Neto), Kéké (Clebesson da Silva), Pepé (Ederlan da Silva) e Beto (José Humberto Filho de Oliveira) - se revezam reverenciando o tambor e realizando passos livres de grande energia que lembram movimentos da capoeira e do frevo. Uma de suas principais características é o fato de ser praticado apenas por homens.

Na Pisada dos Cocos

Coco de roda, samba de coco, coco de zambê, coco de pareia, coco furado, coco de embolada...são muitas as variantes que justificam a denominação “cocos”, sempre no plural. Na pisada dos cocos apresenta variantes desta expressão lítero-cênico-musical típica da região Nordeste do Brasil trazendo dois grupos que praticam cocos do litoral e dois do interior. É uma prática coletiva que envolve, na maioria das vezes, grupos mistos, formados por homens e mulheres, que são encontrados em áreas urbanas e na zona rural, inclusive em aldeias indígenas e comunidades quilombolas, onde a dança e a música, integradas, estão presentes nos terreiros, nas festas populares e em ritos religiosos. Cantadores e dançadores são acompanhados ora por instrumentos de percussão como bumbo, ganzá, pandeiro, caixa, etc, ora por palmas ou pela batida dos pés que marcam o andamento, simulando a pisada que prepara o chão batido, atividade praticada nos mutirões a qual se atribui esta característica da dança.

Sonora Brasil
Realizado pelo Serviço Social do Comércio desde 1998, o maior projeto nacional de circulação musical realiza um trabalho de formação de novos ouvintes musicais e tem como finalidade valorizar a cultura regional ao promover e divulgar artistas que trabalham com músicas não comerciais. O Sonora Brasil apresenta no biênio 2017-2018 os temas “Na pisada dos cocos” e “Bandas de Música: formações e repertórios”, desenvolvidos com a participação de quatro grupos cada um. A seleção dos grupos e a definição das temáticas é feita por uma curadoria nacional formada por profissionais do Sesc de todo o país. Até o fim de 2017, o projeto promoverá 420 concertos de música regional brasileira em 108 cidades, incluindo municípios fora dos grandes centros urbanos. “O projeto busca despertar um olhar crítico sobre a produção e a difusão de expressões musicais identificadas com a história da música no Brasil. Todas as apresentações são essencialmente acústicas, valorizando a qualidade sonora das obras e de seus intérpretes. A maioria dos espetáculos é gratuita, ou tem preços populares”, explica Sylvia Lima, técnica de Cultura do Sesc. O tema “Na pisada dos cocos” circulará pelos estados do Norte e Nordeste com os grupos Coco de Zambê (RN), Samba de Pareia da Mussuca (SE), Coco do Iguape (CE) e Coco de Tebei (PE). Os artistas apresentarão as variantes da musicalidade típica da região Nordeste (litoral e interior), nascida em aldeias indígenas e comunidades quilombolas, com canto, dança e música, acompanhados por instrumentos de percussão, como bumbo, ganzá, pandeiro, caixa. O tema “Bandas de Música: formações e repertórios” seguirá pelos estados das regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste brasileiro. Quatro formações distintas de bandas foram selecionadas: três representando os grupos tradicionais de ruas e praças e um representando o segmento da música de concerto, com repertório inspirado na sonoridade das bandas. São eles: Corporação Musical Cemadipe (GO), A Bandinha (AM), Sociedade Musical União Josefense (SC) e Quinteto de Metais da UFBA (BA). Em 2018 os grupos invertem os roteiros e Estados, de forma que todos circulem pelas cinco regiões do país. Desde sua criação, o Sonora Brasil já realizou 5.319 apresentações de 80 grupos, alcançando cerca de 520 mil espectadores. A programação completa do Sonora Brasil e outras informações podem ser obtidas no site www.sesc.com.br/sonorabrasil.

NATAL SESC NOS BAIRROS
O Sesc promove apresentações artísticas com a proposta de harmonizar os sentimentos para o período natalino. Programação: 16h – Apresentações de grupos da comunidade, 17h - Apresentação de voz & violão19h - Apresentação de canto coral. | Feira de Santana. Dias 23 e 30/11 - Tomba, dia 2/12 – Mercado de Arte Popular, e dia 7/12 – Mangabeira.

TURISMO SOCIAL – PROGRAMAÇÃO 2017.1
Excursões rodoviárias/aéreas para levar você a conhecer as mais bonitas e interessantes cidades da Bahia e do Brasil. Saídas de Feira de Santana (75 3622-1550 ou turismosocialfeira@sescbahia.com.br). Aracaju (SE) - 25 a 28/01; Grande Hotel Sesc Itaparica - 23 a 25/02; Salvador – Semana Santa (BA) - 30/03 a 1º/04; Belo Horizonte – Micareta de Feira (MG) - 18 a 23/04; Paulo Afonso – Corpus Christi (BA) - 31/05 a 3/06; Hotel Fazenda – Independência da Bahia (BA) - 30/06 a 2/07. Saídas de Vitória da Conquista (77 3426-3131 ou turismosocialconquista@sescbahia.com.br). Saídas de Salvador (71 3254-3967 ou turismosocial@sescbahia.com.br): Gramado - Natal Luz (RS) - 7 a 12/01; Maceió (AL) e Aracaju (SE) - 30/01 a 4/02; Blumenau – Carnaval (SC) - 8 a 14/02; Grande Hotel Sesc Itaparica (BA) - 23 a 25/02; Belo Horizonte (MG) e Guarapari (ES) - 10 a 16/03; Recife/Nova Jerusalém – Semana Santa (PE) - 28/03 a 1º/04; Hotel Fazenda Amoras (BA) - 7 e 8/04; Foz do Iguaçu – Tiradentes (PR) - 18 a 22/04; Hotel Fazenda São Geraldo (BA) - 5 e 6/05; Lençóis/Chapada Diamantina - Corpus Christi - 30/05 a 3/06; Bonito (MS) - 19 a 25/06; São Luís & Lençóis Maranhenses (MA) - 28/06 a 3/07. Parcele em até 12 vezes sem juros nos cartões Visa, Mastercard, Hipercard, Dinners e American Express.

INICIAÇÃO ESPORTIVA
A excelente infraestrutura e profissionais especializados para a pratica de várias modalidades de esporte, a exemplo de quadra poliesportiva coberta e piscina com raias, fazem do Sesc o lugar ideal para você ter uma melhor qualidade de vida. Documentos necessários: Carteira Social Sesc atualizada e atestado de aptidão física. Para ginástica é exigido o teste de esforço. | Barreiras. Musculação - 14 anos + (seg, qua e sex, 17h e 18h30; ter e qui, 17h, 18h30 e 20h). Natação – 5 anos + (qua e sex, 7h - 14 anos +, 8h - 8 a 13 anos, 9h - 5 a 7 anos; ter e qui, 16h10 - 8 a 13 anos, 17h10 - 5 a 7 anos, 19h - 14 anos +). Hidroginástica - 14 anos + (ter e qui, 8h40 e 18h10). Ginástica - 14 anos + (ter e qui, 6h30 e 7h30; seg, qua e sex, 17h, 18h e 19h). Ginástica Funcional - 14 anos + (ter e qui, 6h30; e seg, qua e sex, 19h). Ritmos Infanto-Juvenis – 7 a 14 anos (seg e qua, 16h). Voleibol - 11 a 14 anos (seg e qua, 10h; ter e qui, 16h). Futsal - 11 a 14 anos (seg e qua, 8h; ter e qui, 17h). Crescer-Aples 1* – 4 a 6 anos (ter e qui, 16h). Crescer-Aples 2* - 7 a 10 anos (seg e qua, 9h; ter e qui, 18h). | Santo Antônio de Jesus. Natação - 5 a 7 anos (qua e sex, 9h, e ter e qui, 15h); 8 a 14 anos (qua e sex, 8h, e ter e qui, 16h); 15 anos + (qua e sex, 6h30, e ter e qui, 18h30). Hidroginástica - 15 anos + (qua e sex, 7h30, e ter e qui, 17h). Musculação - 15 anos + (seg a sex, 16h30 às 20h30). Futsal - 11 a 13 anos (qua e sex, 8h30 e 15h); 14 a 16 anos (qua e sex, 7h30 e 16h30). Vôlei - 11 a 15 anos (qua e sex, 9h e 14h). Crescer-Aples 2* - 7 a 10 anos (qua e sex, 10h30 e 13h30). (*) Atividades psicomotoras lúdicas e esportivas. | Vitória da Conquista. Musculação – 15 anos + (seg a sex, 6h às 21h25). Futebol Society - 9 a 14 anos (ter e qui, 8h10, 9h50, 14h10 e 16h). Karatê-Dô Tradicional - 5 anos + (qua e sex, 9h20, 10h40, 14h10, 15h40 e 17h05). | Salvador (Piatã). Ginástica: 3ª a sábado, às 9h. | Jequié. Natação - 5 anos + (seg, qua e sex, manhã e tarde). Hidroginástica - 15 anos + (qua e sex, manhã). Musculação - 15 anos + (seg a sex, manhã, tarde e noite). Futsal - 7 anos (seg a qui, manhã e tarde). Voleibol - 14 a 17 anos (seg, qua e qui, tarde). | Feira de Santana (Kalilândia). Dança de Salão - a partir de 12 anos (ter e qui, 18h, e sábado, 10h). Ginástica - a partir de 15 anos (seg, qua e sex, 16h, 17h, 18h e 19h. Musculação - a partir de 15 anos (seg a sex, 6h, 8h, 10h, 17h e 19h30). | Feira de Santana (Tomba). Natação – a partir de 5 anos (ter e qui, 14h, 15h, 16, 17h30 e 18h30; qua e sex, 6h, 7h, 8h, 9h30, 15h, 16h, 17h, 18h e 19h). Hidroginástica – a partir de 15 anos (ter, qui e sex, 14h, 15h, 16h, 18h e 19h; qua e sex, 6h, 7h, 8h e 9h). Karatê – a partir de 5 anos (ter e qui, 15h30, 17h, 18h30 e 20h). Futsal – a partir de 8 anos (seg e qua, 14h10 e 15h40). | Salvador (Aquidabã). Musculação – a partir de 15 anos (seg a sex – manhã; seg, qua e sex – tarde, ter e qui – noite). Treinamento Funcional - a partir de 15 anos (seg, qua e sex, 7h10 às 8h; ter e qui, 6h10 às 7h). Ginastica Localizada - a partir de 15 anos (seg, qua e sex, às 6h10, 7h10, 8h10 e 17h30; ter e qui, às 6h10, 7h10, 8h10, 18h45 e 19h40). Bike In Door - a partir de 15 anos (seg, qua e sex, às 6h10 e 20h30; ter e qui, às 7h10, 16h30 e 17h30). Judô - a partir de 5 anos (seg, qua e sex, às 15h, 16h15, 18h40 e 20h15). Karatê - a partir de 6 anos (ter e qui, às 6h10, 7h40, 9h15, 16h20, 17h40 e 19h). Iniciação Esportiva* - 6 a 8 anos (seg, qua e sex, às 13h50). Futsal* - 6 a 8 anos (ter e qui, às 7h, 8h40, 10h10, 13h50, 15h15, 16h40 e 19h). Volei* - a partir de 9 anos (seg, qua e sex, às 15h10, 16h, 18h30 e 20h. Dança Artística - a partir de 5 anos (ter e qui, às 14e 15h). Ritmos - a partir de 15 anos (ter e qui, às 9h30, 10h50, 16h, 16h55, 17h50 e 19h10). Dança do Ventre - a partir de 11 anos (seg, qua e sex, às 9h10; ter e qui, às 10h40 e 14h. (*) Programa de Comprometimento e Gratuidade.

3º FESTIVAL SESC DE GINÁSTICA
O Serviço Social do Comércio promove encontro de alunos das academias de Feira de Santana e região, com vivências das modalidades de ginástica. | Feira de Santana (Núcleo de Esportes Sesc – Kalilândia). Dia 15/11, a partir das 18h30.

17ª COPA SESC DE KARATÊ-DÔ TRADICIONAL
O Serviço Social do Comércio promove um encontro de caratecas, alunos das academias de Feira de Santana e região, para avaliação do nível técnico e físico em disputa de katá e kumitê. | Feira de Santana. Dia 19/11, das 8h45 às 13h.

16º CIRCUITO “S” DE NATAÇÃO
Competição festiva que envolve alunos do Sesc, Sesi e Senat, além de clubes e academias convidadas. | Feira de Santana (Sesc). Dia 26/11, das 7h30 às 12h.

SAÚDE BUCAL
Ações destinadas à promoção, proteção e recuperação da saúde bucal de comerciários e dependentes a partir de 3 anos, através das modalidades de clínicas odontológicas, geral e especializada, e de atendimentos de emergência, além de orientar e conscientizar a clientela sobre a importância da saúde bucal. O serviço é subsidiado pelo Sesc e os valores são acessíveis. | Feira de Santana - seg a sex, 13h às 16h30 e 17h30 às 21h30. | Barreiras - seg a sex, 8h às 12h e 13h às 17h. | Santo Antônio de Jesus - seg a sex, 8h às 16h30. | Vitória da Conquista - seg a sex, 13h às 21h30. | Jequié - seg a sex, 8h às 21h. | Salvador (Nazaré) – seg a sex, 7h30 às 20h30, e sábado, 8h às 12h.

ODONTOSESC
A Unidade Móvel OdontoSesc 1 realiza suas atividades em Feira de Santana, no Centro de de Atividades do Sesc – Rua Guaratatuba, 345, Tomba, até o dia 30/11, de segunda a sexta, das 8h às 20h30, e sábado, das 8h às 12h.  A Unidade Móvel OdontoSesc 2 realiza suas atividades em Sapeaçu, na Praça da Matriz, Centro, até o dia 29/12, segunda, das 14h às 16h, terça, quarta, quinta, das 8h30 às 16h, e sexta, das 8h30 às 12h. As Unidades desenvolvem atividades de assistência odontológica e promoção à saúde para a comunidade e os comerciários. Informações: 3273-8767.

TRABALHO SOCIAL COM GRUPOS DE IDOSOS
Pioneiro no país, além de resgatar o valor social dos idosos, as ações do Trabalho Social com Idosos do Sesc têm o objetivo de estimular o desenvolvimento individual e coletivo do idoso na sociedade, promover sua autoestima e integração em diferentes ambientes e reconstruir sua autonomia por meio de cursos, esportes e atividades. | Feira de Santana. Reuniões as quartas-feiras, das 14h às 17h. | Santo Antônio de Jesus. Quarta, das 9h às 18h – Encontro para formação de grupo.

CURSO LIVRE PARA 3ª IDADE
Aproveite o seu tempo livre em momentos de integração e crescimento pessoal. Dança de Salão: 2ª-feira, das 14h às 16h. Artesanato: 3ª-feira, das 14h às 16h. Teatro: 5ª-feira, das 14h às 16h. | Feira de Santana.

CICLO SOCIAL DE PALESTRAS
O Sesc, através do Programa Mesa Brasil, realiza debates e reflexões sobre a Segurança Alimentar e Nutricional no contexto da promoção das práticas alimentares saudáveis, além de promover a socialização de informações sobre leis e direitos sociais que estejam relacionadas às demandas das instituições atendidas pelo Programa, bem como a discussão de procedimentos e estratégias que facilitem o acesso dos usuários a esses direitos. | Feira de Santana (Sesc). Dia 7/11, às 9h - Manipulação e Higiene de Alimentos, e dia 21/11, às 14h - Avaliação e Planejamento Ações Educativas. | Salvador (Aquidabã). Dia 14/11, das 8h às 10h - Alimentação é mais que ingestão de nutrientes. | Vitória da Conquista. Dia 20/11, às 14h - Avaliação e Planejamento das ações Educativas

SESC COMUNIDADE
O Serviço Social do Comércio promove atividades gratuitas voltadas para a integração e desenvolvimento da comunidade, através de reuniões, atividades recreativas e esportivas, campanhas, feiras, exposições, cursos, encontros, palestras, orientações em grupo, apresentações artísticas e roda de conversas sobre os diversos temas. | Salvador (Pernambués e Campinas de Brotas). Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. | Vitória da Conquista (Urbis 6). Dia 8/11, às 10h - Formação de Núcleo Comunitário; dias 9, 16 e 23/11, quinta-feira, das 14h às 17h – Oficinas de Artesanato; de 7 a 28/11, terça, às 9h30 – Reunião na Comunidade. | Santo Antônio de Jesus (São Benedito). Durante o mês de novembro - encontros, orientações em saúde, jogos de interação social, dinâmicas de grupo, roda de conversa, palestras, exibição de filmes e campanhas de saúde. | Salvador (Feira de São Joaquim). Dia 14/11, das 14h às 16h30 – “Novembro Azul”, com orientações sobre prevenção ao câncer de próstata. | Salvador (Galpão Mesa Brasil). De 1º a 29/11, quarta-feira, das 8h às 11h e das 14h às 16h - Rede Recostura: oficinas de reaproveitamento de fardamento. | Feira de Santana. Dias 9 e 23/11, às 14h (Sesc) - Encontro Tecendo a Rede; e dia 28/11, das 9h às 11h - O Mesa Vai à Feira (Ceasa).